Você conhece as siglas EPCAR / CPCAR / AFA?

Essas siglas remetem a Cursos Preparatórios Militares.

  • EPCAR e CPCAR: Escola e Curso Preparatório de Cadetes do Ar
  • AFA: Academia da Força Aérea

Sempre que um candidato se prepara para entrar em uma dessas instituições, além da prova escrita ele também precisa realizar a Inspeção de Saúde (INSPSAU), entre outros testes físicos e psicológicos.

Nesta fase, um dos que mais reprova os candidatos é o EXAME DE VISTA. Mas a CIRURGIA REFRATIVA A LASER pode ajudar o portador de ASTIGMATISMO (+ 0,75 grau) e de MIOPIA (qualquer grau) a não ser considerado “NÃO APTO”. Para isso, todo candidato aos exames da EPCAR/AFA que tiver algum problema de visão deve entrar em contato o mais rápido possível com seu oftalmologista.


O que reprova no Exame de Vista da EPCAR / AFA?

  • Lesões na retina;
  • Infecções e processos inflamatórios (exceto conjuntivite);
  • Ulcerações;
  • Sequelas de traumatismo ou queimaduras;
  • Acuidade visual menor do que a permitida no edital.

Para identificar esses aspectos é preciso estar em dia com seus exames oftalmológicos que você pode realizar em sua consulta anual:


É verdade que o candidato sem visão normal não entra na EPCAR / AFA?

SIM. Acuidade visual normal é chamada de visão 20/20, o que significa que o indivíduo consegue enxergar detalhes em uma distância de até 20 pés — cerca de 6 metros. Para o candidato ao Curso Preparatório de Cadetes do Ar (EPCAR / AFA), a acuidade visual a seis metros é igual a 1,0 (20/20) em cada olho, separadamente, sem correção, sendo tolerável hipermetropia de até +2,25 dioptrias esféricas e astigmatismo de até -0,75 dioptrias cilíndricas.

Na ICA 160-6 (Instruções Técnicas da Aeronáutica), há critérios estabelecidos em relação aos requisitos visuais exigidos para o acesso à EPCAR / AFA, que envolvem a Acuidade Visual, o Senso Cromático, a Motilidade Ocular e o Campo Visual, todos com valores definidos. Está bem claro que o portador de dioptrias esféricas negativas (MIOPIA), é considerado incapacitado.

Caso o candidato submeta-se à CIRURGIA REFRATIVA A LASER, com boa evolução, e obedecendo aos requisitos visuais exigidos, além de todos os outros critérios de saúde, ele não deve ter problemas para entrar na EPCAR / AFA.


Quanto tempo antes dos exames de ingresso o candidato deve realizar a Cirurgia Refrativa a Laser de forma a ser aprovado na EPCAR / AFA?

O candidato será julgado “APTO” nos exames de ingresso da EPCAR / AFA desde que:

a) tenha feito a CIRURGIA REFRATIVA A LASER há mais de 6 (seis) meses (comprovado por documento médico);
b) o resultado da cirurgia atenda aos índices estabelecidos no requisito visual da categoria;
c) o exame do olho demonstrar ausência de complicações pós-operatórias;
d) não houver queixa de ofuscamento, halos ou imagens fantasmas;
e) apresentar relatório oftalmológico completo emitido por especialista.

* Obs: A critério do examinador, pode ser solicitada a apresentação de um Teste de Sensibilidade ao Contraste. O resultado deve estar dentro da normalidade.


Na Inspeção de Saúde (INSPSAU), o cadete que tiver sido submetido à Cirurgia Refrativa a Laser receberá parecer de “Restrição Temporária para o Exercício da Atividade Aérea Militar”. Quando ele será julgado “APTO”?

O cadete inspecionado será julgado “APTO” desde que:

a) tenha 90 (noventa) dias de operado se o erro refrativo pré-operatório for menor que 6,00 dioptrias esféricas ou 180 (cento e oitenta) dias, se o erro refrativo pré-operatório for igual ou maior que 6,00 dioptrias esféricas;
b) o resultado da cirurgia atenda aos índices estabelecidos no requisito visual da sua categoria;
c) o exame do olho demonstrar ausência de complicações pós-operatórias;
d) não houver queixa de ofuscamento, halos ou imagens fantasmas; e
e) apresentar relatório oftalmológico completo emitido por especialista.

* Obs: A critério do examinador, pode ser solicitada a apresentação de um Teste de Sensibilidade ao Contraste. O resultado deve estar dentro da normalidade.


Microcirurgia Ocular de Excelência

http://oftalmorio.com.br/

A Dra. Andressa Guimarães realiza suas CIRURGIAS REFRATIVAS no  OftalmoRio – RioLaser  – um Centro de Microcirurgia Ocular de excelência.

OFTALMORIOBEST

As instalações do OftalmoRio – RioLaser priorizam o melhor e mais adequado fluxo de pacientes, obedecendo a todas as determinações de segurança estabelecidas pela ANVISA. O foco é proporcionar o máximo de conforto e tranquilidade a pacientes e médicos durante sua permanência no local.

Para a realização dos procedimentos cirúrgicos, médicos e suas equipes contam com equipamentos de ponta, entre os quais destacam-se o Excimer Laser WaveLight para a realização das CIRURGIAS REFRATIVAS Personalizadas e o Laser de Femtosegundo FS200 para a realização das CIRURGIAS REFRATIVAS sem a necessidade de uso de lâminas.


Quais os Benefícios da Cirurgia Refrativa a Laser?

CIRURGIA REFRATIVA A LASER está se tornando cada vez mais procurada. Uma consequência dos avanços tecnológicos e das técnicas cirúrgicas, mas também da crescente demanda da população por alternativas permanentes e eficazes para corrigir seus problemas de visão.

  • MELHORA A QUALIDADE DE VIDA DO PACIENTE e permite a ele realizar suas atividades diárias sem depender de óculos ou lentes de contato.
  • OFERECE CONVENIÊNCIA para quem pratica esporte ou trabalha em ambiente externo (aquático ou aéreo).
  • SEUS RESULTADOS SÃO RÁPIDOS e permitem que o paciente volte às suas atividades diárias normais dias depois da cirurgia.
  • MELHORA A CONFIANÇA E A AUTOESTIMA DE QUEM DELA NECESSITA.
  • Pode ser realizada de forma personalizada, com base nas necessidades individuais do paciente, oferecendo precisão e eficácia superiores em relação às opções tradicionais de correção visual. Tudo isso contribui com sua crescente popularidade nos últimos anos.

Dra. Andressa Guimarães
tel. (21) 2527.1890 | cel: (21) 99988.9851 WhatsApp
Consultas regulares evitam complicações.

© 2022 . Direitos reservados . Desenvolvido por Inventiva Propaganda

Iniciar conversa
Fale Conosco
Olá, tudo bem? Marque sua consulta Aceitamos os planos Unimed e NotreDame Intermédica.
Powered by